2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Secretaria da Cultura e do Turismo faz homenagens durante a Semana da Mulher

Fonte: SECOM e SECULT Estância
09/03/2021 às 11h28

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Para comemorar o dia internacional da mulher, a Prefeitura de Estância, através da Secretaria da Cultura e do Turismo, homenageia durante a semana da mulher algumas personalidades femininas importantes em nossa cidade. Confira a biografia delas:

CLEIDE MARIA FREIRE DE CARVALHO

Ilustre estanciana dedicada à medicina, com entrega e comprometimento cuidou e permanece cuidando da saúde não somente dos estancianos, mas também das pessoas dos municípios circunvizinhos. Ex vice-prefeita e afeita as habilidades artísticas nas artes plásticas, participando de exposições.

Querida por todos, essa mulher estanciana é exemplo de vida, engrandecimento na área da saúde e transformação da história da mulher em nossa cidade.

ELEONORA LEITE PEREIRA

Natural de Estância, eximia professora, referência da Matemática e estatística da rede de ensino municipal, estadual e particular, notável pela sua elegância e disciplina. Personalidade de destaque e reconhecimento da nossa cidade, a mestra Eleonora é motivo de orgulho, homenagens e na transformação da história da Mulher Estanciana.

EROTILDES SILVA FRANCA FROES

Popularmente conhecida como Netinha Froes, é uma mulher de fibra, estanciana, mãe, amiga, avó, empresária de sucesso e dona de uma determinação que a faz referencia em seu trabalho no ramo empresarial com a sua rede de óticas Santa Helena, ela garante que o segredo do sucesso é a perseverança, a humildade e fé, uma mulher que mudou a sua história e inspira muitas outras em nossa cidade.

MARIANA MICHELLE NASCIMENTOS SANTOS

Natural de Estância, mãe de três filhos, é uma Agente Cultural atuante e empreendedora, atriz, Mestra da Batucada Quebra coco, brincante da Batucada Navegantes, Remanescente do Quilombo do Porto D'Areia, estudando Serviço Social, é também servidora pública do estado de Sergipe. Personalidade de destaque e reconhecimento da nossa cidade é motivo de orgulho e transformação da Mulher Estanciana.

JOILMA RODRIGUES

Estanciana nata e feliz, gosta de maquiagem, viajar, ler e de ser mãe. Ex-guarda municipal, frentista, doméstica e babá, mas pilotar é algo que lhe dá prazer e a faz sentir se livre. Por essa razão escolheu ser moto taxista, por gostar de pilotar e de desafios, exercer uma atividade tida por muitos como exclusiva para os homens ela vence preconceitos e torna se referência de transformação. Já são 12 anos transportando vidas. Jô moto taxista, personalidade de destaque; mulher guerreira e inspiradora no jardim de Sergipe.

DONA EDNA

Josefa dos Passos Santos, Conhecida como D. Edna da Mangaba, nome dado como apelido pelos seus pais. Moradora do povoado Ribuleirinha, tem 46 anos, casada, mãe de 3 filhos e 5 netos, tornou-se presidente da associação das mangabeiras de Estância e faz de sua gestão um compromisso de visibilidade desta fruta tradicional e típica de nossos costumes. Hoje a cultura da Mangaba faz parte de nossa culinária e torna essa mulher referência e orgulho de sua estancianidade

ZEFA DO FORRÓ

Josefa Soares, mais conhecida como Zefa do forró, Zefa da marmita ou Zefa da sopa. Oriunda da formosa Praia do Abaís, veio para a cidade ainda muito nova. Começou a labutar como costureira há muitos anos, e depois concebeu o afamado “forró dos velhos” na garagem de sua própria residência. Forró este que conta com mais de vinte cinco anos de tradição - acontecendo sempre aos domingos, e agora abrangendo o púbico de várias idades. Preocupada com o social ajuda as pessoas carentes e as crianças, como forma de agradecimento a uma promessa feita. Devido a esses fatos, temos o orgulho de chamá-la de mulher guerreira e personalidade de transformação em nossa sociedade.

MARIA APARECIDA GOMES DE OLIVEIRA

Conhecida como Cida do artesanato, nascida em 17 de janeiro de 1965, estanciana, casada e mãe de três filhos. Há muitos anos dedica-se às habilidades do bordado e crochê. Conheceu essa arte aos 15 anos e até os dias de hoje continua ativa e aprimorando se em suas técnicas a qual é prazeroso ver em seus trabalhos tamanho carinho e leveza esboçado em seus pontos, causando encantamento e reconhecimento de seus clientes na sua arte de bordar. Personalidade de destaque e reconhecimento da nossa cidade essa artesã é motivo de orgulho e transformação da Mulher Estanciana.

ALTEME SANTIAGO COSTA

Mais conhecida como Artemia, mulher guerreira, nascida na década de 40, especificamente em 1941, no povoado praia do Abais, município de Estância. Filha de pais praianos, proveniente de uma família de oito irmãos, casou-se aos 16 anos de idade, divorciando-se aos 26. Independente e emponderada com os filhos para sustentar passou a trabalhar com o público, pesquisando e criando idéias no ramo da culinária, onde fez seu nome na gastronomia sergipana e brasileira. D. Artemia da Moqueca é um referêncial de transformação e destaque da mulher estanciana, digna de homenagens e reconhecimento.

IVETA CRUZ DOS SANTOS

Nascida em Boquim/SE, escolheu Estância como residência, por ser uma cidade acolhedora e próspera. Mãe de três filhos, desde cedo dedicou-se à educação e como pedagoga, graduada pela UFS e especialização em magistério superior pela FIC e gestão escolar – UFS. Moradora da colônia Entre Rios, onde estabeleceu-se desde 1990, assumindo como professora; hoje é uma gestora dedicada e comprometida com a comunidade na escola municipal Joaquina de Souza. Exemplo de mulher e transformação, essa profissional é nota dez.

VILMA MARIA DE SOUZA

Nascida em 1951, na cidade de Propriá/SE, é uma estanciana de coração e uma feirante querida e admirada por todos pelo seu trabalho diário e dedicação à frente da sua barraca decoco ralado. São 30 anos de dedicação a esse trabalho que tem em sua história, vitórias, dor e sofrimento quando foi obrigada a vencer medos e recomeçar; não se contentou e resolveu lutar como mulher independente, emponderada e feirante, assumindo sozinha a educação e bem-estar de seus filhos. Começou inicialmente vendendo ovos na feira, enquanto se desdobrava em projetos da ASCOF, situada na praça Barão do Rio Branco. Com seu companheiro Zé dos cocos iniciam uma sociedade promissora nos negócios e na vida que construíram maritalmente em 27 anos de convivência.

GUACIRA MARIA DE LIMA

Mulher negra, mãe, trabalhadora, sacerdotisa e líder religiosa. Por mais de 50 anos a Mãe Guacira dedica-se à espiritualidade cuidando dos inúmeros filhos de fé espalhados no Brasil e no exterior. Mãe Guacira de Oxum desenvolve na cidade de Estância um trabalho social voltado para mulheres e crianças em situações de vulnerabilidade. Personalidade de destaque, fé e força, é uma referência de transformação da mulher Estanciana.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação