2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Fórum elege entidades que irão compor o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres – CMDM

Fonte: SECOM Estância
19/11/2021 às 14h13

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Durante a manhã desta sexta-feira, 19, foi realizado em Estância o III Fórum Municipal para escolha das instituições não governamentais que irão compor o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, CMDM, para o biênio 2021/23. O  processo se deu diante edital lançado no mês de setembro no Diário Oficial do município, onde as instituições se cadastraram, foram selecionadas por atenderem todas as demandas, ou seja, possuírem trabalhos voltados para a mulher no município de Estância.

"Hoje estamos aqui para elegermos as instituições não governamentais que irão compor o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. O Conselho é composto por 12 titulares e 12 reservas,  sendo 6 do eixo governamental e 6 da sociedade civil. No processo de hoje teremos a renovação com três novas instituições, a Associação Mãos Ativas, da Praia do Saco; A ONG Eu Acredito e o Coletivo Sou Mais Mulher", disse Maria Guadalupe, presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, CMDM.

A Promotora de Justiça, Dra Cecília Nogueira Guimarães Barreto, elogiou bastante o trabalho desenvolvido por toda a rede municipal de proteção às mulheres e enfatizou sua satisfação em ver as ações aqui desenvolvidas.

"É com extremo orgulho que o Ministério Público observa a atuação do conselho tanto de direito, quanto o próprio CREAM, bem como a Secretaria da Assistência do município através do seu corpo técnico, das suas assistentes, psicólogas e pedagogas. O Ministério público observa que todas estas pessoas, toda essa rede tem um envolvimento de sensibilidade com a causa, não é algo só que seja racional, pro forme, algo existente apenas em uma lei ou um decreto, é algo que suplanta isso, que tá amarrado à essência de todos os personagens que estão  compostos nessa rede. Estância é uma referência, um destaque", afirmou a promotora.

Para Dra. Cecília, o III Fórum Municipal foi muito importante, bem como, é valioso a participação de cada uma das novas integrantes.

"Hoje é um marco de uma nova etapa, com uma nova perspectiva e novos desafios. Quando há uma renovação  existem novas cabeças, novas pessoas e novos contextos que trazem dentro deste conselho deliberativo. Todas estas pessoas que estão assumindo agora, elas possuem uma responsabilidade muito grande de manter um alto padrão de trabalho e um auto padrão de deliberação, de fiscalização e inovação da temática no município de Estância", completou a integrante do MP.

Erica Leite, Presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres, fez uma fala voltada à vulnerabilidade da mulher devido a pandemia e aproveitou para destacar a situação de destaque que Estância vive. "Estância está em um território de avanços e conquistas", afirmou.

O vice-prefeito, André Graça, destacou a missão dos conselheiros:  "Missão árdua, mas honrosa,  pois o conselheiro dá a mão a quem mais precisa. Aproveitem a presença do Dr. Gilson na prefeitura e da Dra. Cecília no MP para criarem mais políticas públicas que venham a trazer benefícios para as mulheres", disse Graça.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação