2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

"Setembro Amarelo" é abordado durante blitz educativa da SMS

Fonte: SECOM
18/09/2019 às 11h30

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Nesta quarta-feira, 18, foi realizada nas vias onde ficam os semáforos da Praça Barão do Rio Branco, uma blitz de valorização à vida, numa iniciativa alusiva ao ‘Setembro Amarelo’, promovida pela Secretaria da Saúde, através do CAPS I – Carmem Prado Leite. Durante a ação foram entregues aos motoristas e pedestres que passavam pela região, panfletos que indicam os sinais que podem ser observados e ajudam na prevenção do suicídio.

De acordo com a Terapeuta Ocupacional do CAPS I, Leila Calumby, o suicídio é um problema de saúde pública, portanto, é necessário a sociedade estar atenta a esse mal que assola tantas famílias independente de classe social. “O Setembro Amarelo é um movimento mundial para conscientização sobre a realidade do suicídio, e essa ação busca conscientizar a população sobre este problema. Aqui no município, dispomos no CAPS do serviço de apoio às pessoas que apresentam aspectos que podem levar ao suicídio, a exemplo da ideação suicida ou fatores estressores crônico ou recentes, por exemplo. Nossas Unidades de Saúde da Família também recebem esses pacientes e tem feito um trabalho para detectar esses casos”, explicou.

José Anderson, que ia passando pela via, foi receptivo a equipe da blitz de valorização à vida. Ele considerou de extrema importância a abordagem do assunto em via pública, até porque vivenciou em casa essa situação, pois seu filho, já tentou o suicídio. “Sabe quando dizem que o silêncio dói? Isso tanto é verdade que vi isso em casa e graças a Deus quando dei conta deste problema, o pior não aconteceu. Devemos estar atentos às pessoas mais reclusas, dando amparo e tendo uma boa conversa, por que assim, podem evitar danos maiores”, disse.

“A questão do suicídio deve ser tratada em todas as faixas etárias com informações claras e com o máximo de naturalidade possível. O que vi aqui não foi só o simples fato de entregar panfleto e colocar o lacinho amarelo que representa a campanha, e sim, uma forma de alertar as pessoas que a depressão existe e não se trata apenas de um estado de melancolia”, destacou Maria Evanira.

Diga Sim à vida!

Segundo o relatório divulgado no último dia 9, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a segunda causa morte entre jovens de 15 a 29 anos no mundo, assim, trata-se de uma questão global de saúde pública em que todas as idades, sexos e regiões do mundo são afetados. A CVV (Centro de Valorização da Vida) é uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com a prevenção ao suicídio, realizando apoio emocional e prevenção ao autoextermínio de forma voluntária e gratuita a todas as pessoas que querem e precisam conversar sob total sigilo, por telefone (ligando 188), email e chat 24 horas todos os dias, acessando o endereço eletrônico https://www.cvv.org.br/

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação