2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Empossados novos membros do Conselho Municipal do Meio Ambiente

Fonte: SECOM
01/02/2018 às 06h44

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Foi realizada, na manhã desta quarta-feira,31, na sala de reuniões do Paço Municipal, a cerimônia de posse dos 14 membros que farão parte do Conselho Municipal do Meio Ambiente, dentre eles, representantes da sociedade civil e do poder público municipal.

Dando início à solenidade, o prefeito Gilson Andrade (PTC) assinou o Decreto n°7.046/2018, que nomeou os membros titulares e suplentes do Conselho. Em seguida, os mesmos fizeram a assinatura do termo de posse. Em sua fala, o gestor municipal destacou o seu compromisso com Estância e, de um modo especial, no tocante à preservação do meio ambiente. Por este motivo, teve a iniciativa de criar a Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Ele também enfatizou a importância da pasta e revelou que este Conselho possui quatro membros que possuem especialização na área de Engenharia, o que é um diferencial.

No tocante à problemática que envolve a decisão judicial acerca da ação movida pelo Ministério Público Federal, que determina que o Município autuasse os proprietários de buggys que realizam passeio na área das dunas na região litorânea da Praia do Saco, o gestor fez um desabafo dizendo que nunca foi contra o trabalho dos bugueiros, mas está apenas cumprindo uma determinação judicial. Em seguida, pediu a compreensão e o envolvimento dos Conselheiros na elaboração de ações e na discussão de projetos que beneficiem o meio ambiente. “Infelizmente, vi algumas pessoas que, ao invés de divulgarem as belezas que Estância possui, a exemplo das Sete Maravilhas, perdem tempo denegrindo a imagem da cidade e ainda querem culpar o prefeito pela determinação judicial de autuar os bugueiros. Ao contrário do que pensam, estamos trabalhando e defendendo o meio ambiente para implantarmos, o mais rápido possível, a coleta seletiva para reduzir a quantidade de resíduos nos lixões, por exemplo. Também estamos avançando no diálogo com os catadores de recicláveis para auxiliá-los na formatação das suas cooperativas, dentre outras coisas. Mais amor por Estância e menos politicagem. O nosso foco é que, até o final da nossa gestão, transformemos Estância na primeira opção em turismo do Estado”, disse o prefeito.

O secretário municipal do Meio Ambiente, Jorbert Denner, que foi empossado presidente do Conselho, saudou os presentes e destacou que, a partir de agora, a pasta terá a grande responsabilidade de tratar questões ambientais do Municipio que, inclusive, abrange um dos maiores ecossistemas de Sergipe, citando, o rio Piauitinga que abastece toda a cidade e passa pela zona urbana. "Este Conselho faz parte da política municipal do meio ambiente, cuja importância é normatizar e deliberar questões dessa área. Após a posse, serão criadas as comissões do Fundo Municipal do Meio Ambiente, que é regido por lei específica e está vinculada ao conselho", explicou.

Representando todos os membros empossados, o membro titular da Cooperativa de Reciclagem de Estância, Willians Antônio do Nascimento fez o uso da palavra. Ele resslatou a importância do Conselho Municipal do Meio Ambiente dizendo que, além de promover a preservação do meio ambiente, também vai possibilitar a geração de renda e citou algumas ações. “Um aterro sanitário tem um prazo médio de vida de 30 anos, mas, se tudo que for reaproveitável puder ser retirado dele e encaminhado para a reciclagem aumentamos o tempo de existência dessa área, contribuindo com a saúde de todos", disse.

Também presente ao evento, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Andé Graça (PSL) enfatizou a importância das questões ambientais e pediu aos membros do Conselho que busquem mais interação com a AdemaAdministração Estadual do Meio Ambiente. Ele lembrou que antes existia a dependência de um corpo técnico para a resolução e a análise de questões ambientais no Município e que demorava até anos. "Com esse estreitamento, torço para que seja possível um suporte para a criação de novos loteamentos, com a implantação de uma mini-indústria, por exemplo", comentou.

Função

O Conselho Municipal do Meio Ambiente tem o objetivo de auxiliar o Município em questões ambientais e projetos que representem algum impacto na cidade. Tem caráter normativo e deliberativo com duração de mandato de dois anos, com a possibilidade prorrogável por mais dois anos.

Presenças

Além dos empossados, estavam presentes à solenidade, os secretários municipais de Governo, Renato Silva Júnior; da Comunicação, Dadau Barreto; a secretária adjunta do Meio Ambiente, Verônica Paixão; e os presidentes das associações de moradores Reginaldo Firmino “Branco" ( Associação do Povoado Mato Grosso) e Fabrício Cruz ( Associação do Povoado Candeal).

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação