2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Estância desenvolve políticas públicas contra o preconceito LGBT

Fonte: SECOM
17/05/2018 às 16h31

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O dia 17 de maio marca o Dia Internacional Contra a LGBTfobia, em alusão à luta contra o preconceito que a comunidade LGBT vivencia. A data recorda o dia em que, em 1990, ocorreu a retirada da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS), algo que foi comemorado em todo o mundo.

Na luta pela igualdade, o Núcleo Estanciano de Diversidade Sexual e Direitos Humanos (NEDSDH) vem desenvolvendo ações, programas e projetos voltados para inclusão das diferenças, direitos fundamentais e à dignidade humana. Isso reflete uma preocupação da instituição em levar essas discussões sobre respeito às diferenças a todos os âmbitos sociais com intuito de promover uma sociedade mais igualitária, com equidade e combater os altos índices de violência que vêm aumentando assustadoramente.

O Brasil é o país que mais mata LGBT's no mundo com 51% das mortes e, só neste ano, já foram 153 mortes por LGBTfobia, incluindo pessoas heterossexuais. Desse modo, não é suficiente apenas no Dia Internacional Contra a LGBTfobia tratar a luta contra esse preconceito na sociedade. De acordo com o coordenador do NEDSDH, Carlos Carlos Alberto Lisboa, como a comunidade é uma minoria, ainda é necessário o apoio de aliados para que a luta seja bem sucedida, até porque pessoas que não são LGBT também podem e devem ajudar, principalmente, familiares e amigos. Ele destaca que é importante todos fazerem a sua parte contribuindo com a diminuição desses altos índices de violência.

"Aproveitamos para conscientizar todos os munícipes estancianos, independente da sua orientação sexual ou identidade de gênero, etnia, classe social, etc., que sofre algum tipo de violência física ou moral, abuso sexual, sofreu ou sofre atos de discriminação a nos procurar no NEDSDH. É nosso dever viabilizar direitos e combater quaisquer forma de preconceito e discriminação, contribuindo, assim, para uma Estância ainda mais acolhedora e pacífica", salientou o coordenador do NEDSDH, Carlos Carlos Alberto Lisboa.

O Núcleo Estanciano de Diversidade Sexual e Direitos Humanos (NEDSDH) está localizado à Avenida Capitão Salomão, 256 - Centro, 1°andar (mesmo prédio onde funciona a Secretaria Municipal da Assistência Social). Seu horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 7h às 13h.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação