2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Integrantes do Comtur participam de oficina voltada às atividades relacionadas ao turismo

Fonte: SECOM
18/10/2019 às 12h25

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Valorizar Estância como destino turístico. Esse foi o objetivo da terceira Oficina Comtur (Conselho Municipal de Turismo), realizada nesta sexta-feira, 18, no auditório da Universidade Tiradentes (Campus Estância). A ação trata-se de uma iniciativa desenvolvida conjuntamente pelo Ministério do Turismo, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Embratur, em parceria com a Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, através do ‘Programa Investe Turismo’, cujo objetivo é fortalecer a governança integrada das rotas turísticas, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado.

A capacitação foi ministrada pelo consultor do Sebrae, Rafael Lucchesi, que após uma leitura da rede de turismo do município, deu orientações de como trabalhar com desafios a curto prazo, organizando a governança do turismo, fazendo com que os integrantes do Conselho Municipal do Turismo (representantes da sociedade civil e setor público) compreendam o papel deles e o que podem fazer juntos. “Estamos discutindo as principais questões e desafios do turismo aqui em Estância, integrado ao turismo do Estado, para que possam sair daqui soluções e sugestões de trabalho para o desenvolvimento do turismo na cidade. Estância é um lugar muito interessante e que precisa ser descoberto pelo País, mas a organização tem que vir de dentro pra fora, ou seja, se preparando para receber o turista e potencializando o nosso destino. Esse é um papel fundamental. Para que as pessoas entendam a importância da atividade como geradora de renda e melhoria de vida de todos. Estamos no caminho certo, e aqui tem muito potencial”, destacou.

O secretário da Cultura e Turismo, Manoel Messias enfatizou a importância da oficina, esclarecendo que a intenção é capacitar a sociedade civil e o poder público para juntos fortalecerem a Estância de governança. “Nesse caso, falando no popular, para que o que o turismo possa caminhar com as próprias pernas, e não dependa exclusivamente do poder público”, disse. O presidente da Associação Comunitária do Abaís, Luiz Carlos Fasanella, que também faz parte do Comtur, reforçou o que o secretário declarou. “Essas oficinas são fundamentais porque elas darão um norte para a atuação do Conselho Municipal de Turismo, e essa atuação facilita uma série de ações para possamos operacionalizar”, garantiu Fasanella.

Representando a Secretaria de Estado do Turismo (SETUR), a assessora Léa Duarte, explicou que a formação dos Conselhos Municipais de Cultura são a base para todo um processo que pode vir a seguir. “Um município que não tiver um Conselho estruturado, pode ficar de fora de várias ações. Estância tem um potencial imenso, é uma das cidades mais ricas que temos em nível de natureza, artesanato, economia criativa, e tudo isso contribui muito, portanto o Comtur aqui é primordial”, frisou.

“Todo o esforço que o Sebrae vem realizando aqui, dentro dessa cadeia do turismo, é de extrema importância para o município, porque Estância é uma cidade rica em recursos naturais, na indústria, comércio, agropecuária e serviços, portanto, essas oficinas vão contribuir capacitando e estimulando esses atores para que invistam e fortaleçam os negócios locais, gerando mais emprego e desenvolvimento”, expressou a coordenadora regional do Sebrae-SE, Heloísia Fontes.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação