2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Motivação para o acolhimento humanizado é tema de capacitação promovida pela SMS

Fonte: SECOM
11/09/2019 às 12h44

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Com o propósito de qualificar e aprimorar os serviços de atendimento ao público, com foco nas relações entre os profissionais da Atenção Básica e os pacientes que chegam às Unidades Básicas de Saúde do município, a Secretaria da Saúde (SMS), através da Coordenação de Educação Permanente /Atenção Básica realizou nesta quarta-feira, 11, no auditório da Universidade Tiradentes (Campus Estância), a capacitação sobre motivação para o acolhimento humanizado, tendo como público-alvo equipes do Programa Saúde da Família (médico, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, odontólogos, auxiliares de saúde bucal e agentes comunitários de saúde), além de assistentes sociais, fisioterapeutas, psicólogos, farmacêuticos, nutricionistas, biomédicos, profissionais do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da rede primária, e auxiliares de enfermagem ambulatorial.

O consultor e coaching Antônio Neto conduziu todo o evento, que iniciou com a capacitação sobre motivação e autoestima para o desenvolvimento de competências e resultados positivos na saúde. Nela, ele destacou que é necessário trabalhar os aspectos motivacionais para que haja tratamentos adequados com relação aos munícipes, quanto ao acolhimento humanizado para o bem da saúde de todos. Ele disse que é bom tanto para os servidores, quanto para os usuários dos serviços. “Não é uma palestra por si só, existe uma interatividade através de vivências e reflexões de maneira lúdica, para que de uma forma leve e participativa as pessoas sintam a essência do tema proposto, afinal, os indivíduos quando sentem-se tocados é bem mais fácil de internalizarem”, considerou.

“Desde que assumiu a gestão municipal, o prefeito Gilson Andrade mantém o compromisso em proporcionar qualidade nos serviços de saúde à população estanciana, disponibilizando, assim, o atendimento humanizado, eficiente, seguro e ético aos cidadãos. Então, está sendo realizada essa capacitação para manter a qualificação na relação profissional-usuário, propiciando a atenção e o amparo respeitando as necessidades dos diferentes indivíduos ou grupos populacionais. Observo que além de oferecer aos profissionais um dia diferente numa manhã de conhecimentos e reflexão, também consiste numa oportunidade para despertar os melhores sentimentos que existem dentro de cada um de nós, e assim podermos levar não só para vida profissional, mas principalmente para o lado pessoal, porque quando estamos bem conosco, a nossa energia positiva reflete no próximo de forma espontânea”, evidenciou a coordenadora de Educação Permanente da SMS, Jéssica Souza.

A auxiliar de enfermagem, Damiana dos Santos Soares, que trabalha no setor de Imunização da SMS disse que a iniciativa é importante para aprimorar o seu trabalho. “Quanto mais conhecimento, melhor, além disso todo cidadão precisa de um atendimento humanizado”, expressou. A nutricionista Mariana Pondé também aprovou a iniciativa e parabenizou a gestão municipal pelo feito. “É necessário sempre nos colocarmos no lugar do outro. O paciente precisa ser bem recebido e tratado com paciência. Muitas vezes as pessoas que vão ao posto de saúde pegar um remédio, por exemplo, estão passando por problemas pessoais e sentem a necessidade de serem ouvidas, então a gente precisa saber lidar com essa situação com tolerância, pois, os fatores psicológicos afetam outros problemas de saúde quando atitudes ou comportamentos têm um efeito negativo sobre um problema de saúde que a pessoa já tem”, explicou.

“Essa capacitação é motivacional e muito entusiasmante para os profissionais da saúde que diariamente vivenciam a rotina casa-trabalho, com isso, infelizmente acabamos engessando a maneira de ver o processo de trabalho absorvendo e desfocando o mecanismo em si devido problemas pessoais. Então, antes de tudo esse é um momento não só de reflexão e que proporciona sairmos da rotina a fim de descobrirmos que existe um jeito de se encontrar, de conversar, de continuar a educação de outra forma”, enfatizou o odontólogo Sandro Araújo.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação