2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Mutirão de cirurgias de catarata devolve o sonho de voltar a enxergar a centenas de pessoas

Fonte: SECOM
29/11/2019 às 10h08

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O procedimento cirúrgico é realizado em parceria com o IOSE

A manhã de quinta-feira, 28 de novembro, ficará marcado na mente das centenas de pessoas que foram selecionadas para realizar o procedimento cirúrgico que pode devolver o direito da pessoa voltar a enxergar. É que pela segunda vez no ano a Prefeitura de Estância, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) em parceria com o Instituto de Olhos de Sergipe (IOSE), realiza mais um grande mutirão de cirurgia de Catarata.

As cirurgias estão sendo realizadas no Hospital Regional Dr. Jessé Fontes , e a força-tarefa segue até sábado realizando as intervenções nos pacientes que sofrem com a ausência de visão causada pela catarata. Dessa vez serão beneficiados 178 pacientes oriundos de Estância. Somente esse ano, 278 estancianos realizaram o procedimento cirúrgico ofertado gratuitamente pela rede Municipal da Saúde. Desde 2017, quase 600 pessoas de Estância foram contempladas com essa ação. Além das cirurgias para o município de Estância, foram ofertadas cirurgias para outros 10 municípios que compõem a microrregião, totalizando 571 cirurgias ofertadas para população.

Muitas pessoas ficaram emocionadas pela perspetiva de ter a visão recuperada. A exemplo da paciente Domingas Silva, residente no bairro Cidade Nova, que ficou muito grata pela oferta do procedimento cirúrgico pela Prefeitura de Estância.

"Gostei de mais, eu nem imaginava que era tão bom assim. Aqui não custa nada fazer essa cirurgia e somos bem atendidos. Então eu só tenho que agradecer primeiramente a Deus e depois a vocês por essa oportunidade de recuperar a visão, já que hoje realizo o procedimento no segundo olho", expressou.

Cirurgias de catarata

A catarata é uma doença grave que prejudica a visão, e se não tratada adequadamente, pode até levar à cegueira. A maioria dos casos desenvolve em pessoas com a idade mais avançada. E embora elas não tenham caráter emergencial, é de fundamental importância para assegurar a qualidade de vida de quem espera pelo procedimento cirúrgico eletivo. Após a cirurgia se recomenda muito repouso, higiene e seguir as orientações médicas corretamente.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação