2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Prefeitura de Estância faz o pagamento da primeira parcela do auxílio financeiro para fateiras e fateiros do município

Fonte: PREFEITURA DE ESTANCIA
19/03/2019 às 18h10

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Em cerimônia realizada no salão nobre do Paço Municipal, a Prefeitura de Estância, através da Secretaria da Assistência Social, realizou na manhã desta terça-feira, 19, a entrega do cheque simbólico a 17 fateiras e 6 fateiros que no último dia 14 de fevereiro perderam seus empregos após a determinação do MP para fechamento do matadouro do município. A entrega dos cheques foi realizada pelo prefeito Gilson Andrade que destacou a sensibilidade, compromisso e agilidade que o problema foi tratado e se mostrou bastante feliz em poder contribuir com a diminuição do sofrimento dessas famílias.

“Sentimento de consciência tranquila e muito satisfeito. A nossa gestão foi ágil, foi sensível, mostrou compromisso com essas famílias, o lado mais frágil nessa cadeia produtiva quando do fechamento do matadouro, oportunidade onde não ficamos de braços cruzados, buscamos alternativas urgentes para essa problemática, da mesma forma que estamos buscando alternativas a médio e a longo prazo para que tudo isso possa ser sanado, possa ser resolvido”, disse o prefeito Gilson Andrade, destacando que os valores já estão disponíveis nas contas das 23 famílias e que cada um dos contemplados terá o direito de fazer cursos profissionalizantes por conta do poder público municipal.

Após o fechamento do matadouro, a Prefeitura de Estância, através de psicólogos e assistentes sociais do município, juntamente com a Secretária Danielle Muller e a adjunta, Marta Monteiro, atendendo a uma determinação do prefeito Gilson Andrade, que solicitou que fossem tomadas medidas urgentes para equacionar o problema dos trabalhadores, visitou durante 3 dias as 23 famílias para que pudesse ser confeccionado o relatório social que subsidiou o projeto. Em menos de 30 dias todo o processo burocrático foi concluído e o PL encaminhado à Câmara de Vereadores onde fora aprovado por unanimidade pelo legislativo municipal, que entendeu a urgência e necessidade do projeto e autorizou que o poder público pudesse contribuir com a amenização da dor e o bem estar dos pais e mães de famílias afetados com o fechamento do local.

A Secretária da Assistência Social de Estância, Daniele Muller, destacou a preocupação do município em arcar com um valor e cumprir o acordo sem interrupção. “Assim que ocorreu o fechamento do matadouro no mês passado essas pessoas ficaram sem ter onde trabalhar, sem ter sua renda e o prefeito Gilson Andrade nos chamou para que pudéssemos sentar e planejar o que iríamos fazer para ajudar essas pessoas que tinham acabado de ficar sem seus trabalhos, sem suas rendas. Pensamos com muito cuidado, pois uma ajuda dessa com recursos próprios tem que ser pensada com cautela, afinal ,o prefeito paga servidor em dia, paga fornecedor em dia, então tinha que se sentar para discutirmos valores para que nós pudéssemos assumir o compromisso e conseguir honrar com ele, por isso, tivemos toda uma preocupação de elaborar a lei, passar para o controle interno, reuniões com as fateiras para poder abrir contas e chegamos a um consenso sobre o valor de R$ 700,00 que vai ser repassado mensalmente para essas fateiras e fateiros durante um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano”, disse.

A vereadora Chica do Fato destacou o sentimento que permeava naquele momento, parabenizando a postura do Prefeito Gilson Andrade. “Nesse momento o sentimento que nos invade é o sentimento de felicidade, de amor para com o próximo. Quero parabenizar Gilson Andrade que foi o primeiro prefeito do estado a sair na frente, único no estado que se comprometeu a dar um ajuda de custo a estes trabalhadores que estavam sem saber o que fazer, sem saber como iam se manter, manter sua família, afinal, na crise que estamos, se encontrar sem ter do que se manter é muito difícil, mas, Dr Gilson mostrou que é um prefeito de coração bom, e é isso que precisamos na nossa terra”, afirmou.

Sirlei Marques Souza, fateira que há anos trabalhava no matadouro de Estância destacou que enquanto muitos não se comoveram, a administração do prefeito Gilson Andrade se comoveu e trabalhou para solucionar o problema, o que a faz grata por tamanha atenção. “O que temos hoje é o sentimento de gratidão por tudo isso que ele tem feito por a gente, porque quem seria outra pessoa que iria se comover com cada uma de nós? Hoje nós estamos desempregadas e não temos outro meio de sobrevivência e por isso somos muito gratos a Deus e ao prefeito por tudo isso que ele está fazendo por nós, nos ajudando a colocar o alimento em nossas mesas”, disse.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação