2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Prefeitura instala placas de identificação histórica das Sete Maravilhas de Estância

Fonte: SECOM
26/01/2018 às 13h54

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Foi realizada nesta quarta-feira, 25, a solenidade de descerramento das placas de identificação e descrição histórica das "Sete Maravilhas de Estância". Os patrimônios foram eleitos por votação popular no último dia 12 e indicados pela sociedade civil organizada para as categorias: patrimônio histórico (cultural, material ou imaterial), obra arquitetônica, áreas de valor ambiental e paisagem natural da cidade.

A primeira a receber a placa informativa foi a Catedral Diocesana "Nossa Senhora de Guadalupe", que foi eleita com 14,98% dos votos válidos. Em seguida, veio a Associação Musical "Lira Carlos Gomes", com 29,39% dos votos válidos. Fundada em 3 de outubro de 1879, a Lira possui 139 anos de atividades ininterruptas e ao logo dos anos vem contribuindo com a formação de diversos músicos.

Dando continuidade ao descerramento das placas, o Memorial da Cultura foi o local escolhido para receber a placa de identificação de um dos maiores símbolos culturais de Estância, o majestoso Barco de Fogo. Criado pelo estanciano Chico Surdo, tombado como patrimônio cultural dos sergipanos e presente no calendário oficial do Estado tendo um dia dedicado a ele - 11 de junho, o Barco de Fogo foi eleito com 14,98% dos votos válidos. Foi indicado pela Associação de Barqueiros e Fogueteiros de Estância.

Ainda no turno da manhã foram decerradas mais duas placas de identificação: a do Complexo Turístico do bairro Porto D' Areia (Complexo do Cristo), que foi eleito com 10,48% dos votos válidos; e a do Complexo da Fábrica Santa Cruz, com 24,50% dos votos válidos.

Em seu discurso, o prefeito Gilson Andrade (PTC), enfatizou a importância da valorização das potencialidades patrimôniais, históricas e culturais do Município, destacando, também, que um dos objetivos da sua gestão é transfornar Estância em um pólo turístico. "É importante mostrarmos as maravilhas de Estância para que a nossa cidade se torne a primeira opção em turismo no Estado", destacou.

No turno da tarde, foi dada sequência à solenidade de decerramento das placas das Sete Maravilhas de Estância. A Lagoa dos Tambaquis foi a 6ª maravilha a receber a homenagem e, por fim, a Praia do Saco, localizada na região litoral Sul de Sergipe, último local que recebeu a placa de identificação histórica.

O secretário municipal da Cultura e Turismo, Carlos Menezes Júnior, destacou que o evento consistiu no encerramento de uma primeira fase do projeto que traz o selo de validação da escolha das Sete Maravilhas de Estância, a partir da vontade popular. "A partir de agora, vamos inserir esses atrativos dentro dos nossos roteiros turísticos. No mês de maio, vamos realizar um evento para a apresentação dos cartões postais da nossa cidade ao trade turístico. A intenção é transformar Estância na segunda opção de turismo em Sergipe", explicou o secretário.

O secretário também informou que, após a visita de um grupo de argentinos que esteve no município no mês de dezembro para conhecer as potencialidades turísticas da cidade, está em negociação uma outra reunião a fim de dar destaque ao roteiro do Município. Também está sendo elaborado pelo historiador Fernando Valério um plano de preservação do patrimônio material e imaterial de Estância para ampliação da área de preservação e providenciadas placas de sinalização com identificação dos pontos turísticos da cidade, em parceria com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Presenças

Em comitiva, o prefeito Gilson Andrade (PTC), acompanhado da vice-prefeita, a professora Adriana Leite (PRB), vereadores e secretários da gestão municipal prestigiaram a solenidade de decerramento das placas de identificação histórica das "Sete Maravilhas de Estância". Membros da imprensa e populares das comunidades também marcaram presença.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação