2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Servidores Públicos de Estância participam de mutirão de vacinação no Paço Municipal

Fonte: PREFEITURA DE ESTÂNCIA
24/08/2019 às 21h10

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Durante a manhã da última quinta-feira,22, servidores públicos de Estância, efetivos, comissionados, contratados e terceirizados que prestam serviço ao município, participaram de um mutirão de vacinação contra o sarampo, doença que tem feito vítimas em várias partes do pais.

"Na condição de médico, sei da importância da vacinação e em especial, em casos como este, onde em várias partes do país está ocorrendo o surto da doença, por isso, entendendo as dificuldades do servidor em procurar um posto de saúde, resolvemos trazer uma equipe até o paço municipal para facilitar a vida do nosso maior patrimônio, que é o nosso servidor, nosso povo, nossa gente", disse o prefeito Gilson Andrade.

Wilma Tereza, enfermeira da Secretaria Municipal da Saúde, servidora que fez a aplicação da vacina, destacou que é importante que o servidor busque tomar não só a triplice viral para se imunizar do sarampo, mas, que procure atualizar a carteirinha de vacinação tomando a antitetánica e a vacina contra hepatite. "Como está tendo alguns surtos em outras regiões do Brasil, é importante que os servidores aproveitem essa oportunidade para atualizar sua carteira de vacinação tomando essa dose da tríplice viral e buscando posteriormente o posto de saúde para tomar as demais vacinas", disse.

Walesca Batista, 26, funcionária terceirirada que presta serviço no Paço Municipal, parabenizou a atitude da administração em aproximar este serviço do servidor. "Gostei muito dessa novidade pois trabalhamos o dia todo e fica difícil ir até o posto de saúde, por isso, aproveitei esta oportunidade para poder me vacinar e ficar protegida dessa doença que tem feito vítimas em várias partes do Brasil", afirmou.

Sobre o Sarampo:

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. A transmissibilidade ocorre de forma direta, ou seja, de pessoa a pessoa, por meio de secreções nasofaríngeas expelidas ao falar, espirrar, tossir ou respirar. Por isso, o elevado contágio e disseminação da doença.

Todo paciente que, independente de idade e situação vacinal, apresente “febre e exantema maculopapular” ( manchas vermelhas pelo corpo) , acompanhados de tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite deve procurar a unidade de saúde mais próxima da sua residência para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

PREVENÇÃO:

A vacinação é a única maneira de prevenir o sarampo. Todas as vacinas estão disponíveis nas salas de vacinação do município de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação, inclusive a VACINA TRÍPLICE VIRAL (SCR) que previne contra Sarampo, Caxumba e Rubéola.

PÚBLICO ALVO:

• A vacina é indicada para indivíduos de 12 meses (1 ano) a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral com intervalo mínimo de 30 dias entre elas;

? Profissionais da Saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral, independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas;

• Indivíduos de 30 a 49 de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral.

OBSERVAÇÃO:

Crianças de 6 meses a menores de 1 ano (12 meses) que vão se deslocar para municípios que apresentam surto ativo de sarampo devem ser vacinados contra a doença pelo menos 15 dias antes da viagem.

Confira AQUI a relação das cidades com surto de sarampo:

Quem NÃO deve receber a vacina contra o sarampo?

• Casos suspeitos de sarampo;

• Gestantes

• Usuários com imunodeficiência clínica ou laboratorial grave;

• Registro de anafilaxia após recebimento de dose anterior

HORÁRIO DE VACINAÇÃO:

Todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 7 as 12 e 13 às 16 nas unidades de saúde da família da área urbana. Na zona Rural com as equipes da saúde da família das 7 as 12h.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação