2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Setor de Tributos conclui atualização do sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Fonte: SECOM
30/08/2019 às 11h52

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Flexibilização na emissão de guias e pagamento em qualquer agência são as principais novidades para os contribuintes

Tentando minimizar a dificuldade dos contribuintes e prestadores de serviço que emitem guia de recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS), o Departamento de Tributos do Município de Estância concluiu o processo de atualização do Sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica nos moldes da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (ABRASF), que padroniza e facilita o recolhimento do tributo municipal em todo o país.

Com essas mudanças, o município segue em alinhamento com os órgãos fiscais e oportuniza o acesso a um modelo conceitual que facilita, simplifica e atendem as necessidades dos contribuintes. A grande novidade para o contribuinte é que ela muda o conceito de débito. Na versão antiga todos os débitos referentes as notas emitidas eram pagas no mês subsequente em uma única guia, a partir de agora a emissão deixa de ter um número específico de guias e permite que o próprio contribuinte marque, selecione e programe qual nota vai inserir na guia de pagamento.

“O grande avanço desses sistema é permitir a flexibilidade na emissão de notas, que anteriormente era emitido em guia única, e agora o sistema permite que seja programada para uma data futura, após o vencimento, onde o próprio sistema estará programado para recalcular os encargos até a data que o contribuinte inserir. Sendo uma vantagem muita boa que permite o usuário o melhor controle e programação de seus débitos de acordo com as receitas apuradas”, informou a analista técnica Anna Santana.

Outra novidade é flexibilização do pagamento. Atualmente só era possível efetuar o pagamento em apenas duas instituições credenciadas, e a partir de segunda-feira, 2 de setembro, prestadores de serviço, tomadores de serviço e até o trabalhador autônomo terão a possibilidade de efetuar o pagamento em qualquer agência bancária, dando mais comodidade e segurança os contribuintes.

Todas essas alterações propiciam benefícios para o governo municipal, como para os empresários e contribuintes. Pois, a ferramenta permite um controle sobre a gestão fiscal, além de facilitar o combate à sonegação e a análise dos dados econômicos referentes ao setor. Também há a redução de custos e otimização do tempo, já que as informações serão uniformizadas, diminuindo o tempo perdido com a administração tributária da empresa.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação