2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Educação em Saúde | UBS Quirino Lopes debate prevenção à gravidez na adolescência com alunos do 9°Ano do SESI

17/02/2022 às 17h08

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Durante o mês de fevereiro a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), tem trabalho nas Unidades de Saúde da Família (USF) a temática da prevenção à gravidez na adolescência dentro do programa Educação em Saúde. Nesta quinta-feira, 17, a USF Quirino Lopes, localizada no centro da cidade, fez a abordagem do tema com alunos do 9° Ano do Ensino Fundamental do SESI / SENAI.

Na oportunidade, médicos em enfermeiros inseridos no Programa de Saúde da Família (PSF) realizaram uma palestra sobre a temática da gravidez na adolescência, resultando os riscos e consequências na formação acadêmica, pessoal e profissional. Os estudantes tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas e curiosidades sobre o tema. "A adolescência é uma fase de descobertas, por isso que é fundamental trazer esse conhecimento sobre métodos contraceptivos e os riscos que possam prejudicar o seu crescimento e desenvolvimento. O nosso propósito em debater esse assunto é para ajudá-lo na suas escolhas e decisões, a fim de que eles possam se prevenir de infecções sexualmente transmissíveis ou uma gravidez indesejada", explicou a Dra. Rhayná Mendonça.

O professor de Biologia Kléber Nascimento, responsável por ministrar as aulas de Ciências da Natureza para a turma do 9° Ano, fala da importância de trabalhar a temática no ambiente escolar. "A gente que ministra as aulas de Ciências da Natureza começa a trabalhar esses temas no 8° ano. Mas, ultimamente, nós percebemos a importância de falar um pouco antes. Tendo em vista que a cada dia que passa , os adolescentes estão antecipando a sua vida sexual. Por isso que de grande importância a realização de ações como essa envolvendo o poder Público Municipal e a comunidade escolar", frisou Kléber.

A jovem estudante do 9° ano Myrella Dias, 14 anos, fala da importância de trabalhar a temática no ambiente escolar. "Eu acho importante, principalmente para o lado das meninas, o conhecimento sobre os métodos contraceptivos e os riscos de contrair doenças. Na minha faixa-etária conheço três meninas que engravidaram na adolescência, inclusive na minha família. Então o conselho que eu posso dar é que busque a prevenção. Caso tenha relação sexual que seja com o uso do preservativo", afirmou.

"Na área de abrangência da Unidade de Saúde da Família Quirino Lopes temos um alto índice de gravidez na adolescência. Por isso que é tão importante debater com os adolescentes na faixa-etária dos 14 anos sobre os cuidados e riscos da iniciação sexual precoce. Até porque a gravidez na adolescência traz riscos físicos e psicológicos. Por isso que é tão importante trabalhar a prevenção. Aliado a isso é fundamental que antes da iniciação sexual esses adolescentes tenham tomado a vacina do HPV, para prevenção do câncer do colo do útero. As meninas devem tomar entre os 9 e 14 anos. Já os meninos entre os 11 e 14 anos. Por fim , é fundamental que qualquer pessoa que esteja iniciando sua vida sexual possa comparecer às unidades de saúde para realizar os exames preventivos e receber as orientações adequadas", enfatizou a Enfermeira Patrícia Pereira.

A atividade desenvolvida na Unidade de Saúde está dentro da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, que acontece durante esta semana.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação