2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Exposição fotográfica celebra dia da Consciência Negra em Estância

Fonte: Prefeitura de Estância
23/11/2020 às 20h50

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O 20 de novembro em Estância foi celebrado com uma belíssima exposição do fotógrafo Igor Leonardo que levou para o Memorial da Cultura do município um riquíssimo acervo visual contemplando a beleza negra, suas essências e particularidades. Intitulado “ Identidade Negra: Ancestralidade à flor da pele”, o evento, que faz parte do projeto “Faces do Brasil”, da Secretaria Municipal da Cultura, reuniu representantes do legislativo, professores, representantes dos movimentos sindicais, modelos, artistas e a sociedade em geral que se encantou com o olhar diferenciado do fotógrafo estampado nas telas.

“Momento de muita alegria e emoção. Foi um projeto que começou pequeno e que hoje tomou toda essa proporção. Um projeto que está tocando e conscientizando as pessoas sobre o que é a temática da consciência negra”, disse o anfitrião do evento, o fotógrafo Igor Leonardo.

O vereador Misael Dantas parabenizou a todos os envolvidos na organização do evento e destacou a qualidade do material exposto. “É radiante estarmos aqui não só na condição de vereador, mas, de Estanciano, presenciando uma belíssima exposição dessa que mostra não só a qualidade das fotos, mas também a qualidade das figuras, das pessoas que foram fotografadas. Quero parabenizar o fotógrafo Igor pela iniciativa, parabenizo também a secretaria da cultura da gestão do prefeito Gilson Andrade pelo apoio”, destacou o vereador.

Fernando Valério, diretor do Memorial da Cultura, salientou que a exposição traz uma referencia no que se refere a identidade afro brasileira e que são momentos como estes que fazem valer a cultura. Fernando destacou que o memorial está de portas abertas ao público e para outros artistas que queiram um espaço para apresentar seus trabalhos.

A professora Valéria Barreto, que acompanha a trajetória de Igor há algum tempo, destacou sua felicidade em ver o crescimento dele enquanto profissional. “ Um misto de emoção. Fico muito grata em ver uma pessoa tão batalhadora, tão forte e criativa trazendo para a gente cultura, trazendo para a gente arte. Fico muito feliz.

A exposição “Identidade Negra: Ancestralidade à flor da pele”, estará disponível para o público até o final do mês. Além dos quadros e fotos, o público presente poderá participar de rodas de conversas e brincadeiras que contemplam a programação do projeto “faces do Brasil” que celebra o mês da consciência negra.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação