2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Assinatura de Ordem de Serviço para implantação da rede de abastecimento de água do Santo Antônio

14/08/2020 às 15h02

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O Prefeito de Estância Gilson Andrade (PSD) , realizou na sexta-feira, 14, no Salão Nobre do Paço Municipal, a assinatura de Ordem de Serviço para a implantação do sistema de abastecimento de água do Conjunto Santo Antônio, localizado no bairro Cidade Nova. A iniciativa integra os planos de ampliação e modernização da rede de abastecimento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Estância (SAAE).

A nova rede de abastecimento visa resolver de forma definitiva o problema crônico de abatimento dos conjuntos Santo Antônio e Nova Esperança.

"Desde 2017 o SAAE tem feito um volume gigantesco de investimentos com recursos próprios. Iniciamos com a substituição da rede de fibrocimento, construímos a nova rede expressa que atende as comunidades do Carmem Prado, Candeal e Albano Franco, e implantamos a rede de Abastecimento do Assentamento Vitória. E hoje com grande alegria estamos dando a Ordem de Serviço para resolver de um vez por todas o problema de abastecimento de água do Santo Antônio e conjuntos adjacentes do bairro Cidade Nova . Um investimento de cerca de 1 milhão e meio de reais, para levar dignidade e qualidade de vida para quem precisa", afirmou.

De acordo com o Superintendente do SAAE José Derivaldo, a ampliação do reservatórios será significativa. "Quando recebemos a gestão do SAAE o reservatório do Valadares havia sido demolido, e nós licitamos a construção de um novo com o dobro da capacidade do anterior passando de 100 mil para 200 mil litros. Agora vamos construir uma rede expressa e um novo reservatório com capacidade de 200 mil litros. Esses investimentos atendem a demanda atual e futura para os próximos 20 anos, e amplia a capacidade dos atuais 600 mil litros para 1 milhão de litros reservados, explicou Derivaldo.

Durante a assinatura da Ordem de Serviço, o Prefeito Gilson solicitou aos empresários que priorizam a mão de obra local. "Antes de encerrar eu gostaria de fazer um apelo aqui aos representantes da empresa vencedora que possa iniciar a obra de forma imediata e na medida do possível, possam priorizar a mão de obra da própria comunidade. Em virtude da pandemia muitas pessoas perderam seus empregos e estão com dificuldade de retorno ao mercado de trabalho.”

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação