2180

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Estância

Prefeitura de Estância e Sebrae ensinam agricultores a ganhar dinheiro com a mandioca

Fonte: Secom
30/03/2023 às 22h09

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A Prefeitura de Estância, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), proporcionou a capacitação ‘Como Ganhar Dinheiro com a Mandioca’, com a finalidade de ensinar boas práticas nas agroindústrias de derivados de mandioca, bem como processos de regularização e rotulagem.

Esta é mais uma ação de vanguarda da gestão municipal que amplia o conhecimento dos agricultores locais acerca das culturas da agricultura familiar. Nesta etapa foram atendidas dez comunidades: colônias Entre Rios, Estancinha, Vertente; assentamentos 17 de Abril, Dom Hélder/Grotão, Rosa Luxemburgo, Manuel Ferreira (Maravilha), Analício Araújo (Fusquinha); povoados Mato Grosso e Riachão de Teté.

Na tarde desta quinta-feira, 30, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico realizou a entrega de certificados a 26 participantes no Centro Comunitário do Povoado Entre Rios, no mesmo local onde aconteceu o curso de capacitação entre os dias de 28 a 30 de março.

A capacitação aconteceu com o apoio, também, da Sala do Empreendedor que prima pelo fortalecimento da cadeia produtiva e, com isto, incrementar os rendimentos dos agricultores nas comunidades rurais do município.

A mandioca é uma das culturas que pode render ao produtor uma alta lucratividade. O senhor Zito, agricultor da Colônia Entre Rios salientou:

“Estou muito agradecido ao prefeito doutor Gilson porque a sua gestão tem tido um olhar especial para o homem do campo. Tem feito pontes em concreto, tem melhorado as estradas, tem proporcionado horas de trator, adubo orgânico, sementes de milho para a gente plantar e ter um lucro extra e agora essa capacitação que nos dá mais conhecimento de como lidar com a mandioca e ter melhores resultados”, acentuou.

 A senhora Vera Lúcia, de 74 anos, já preparou as manivas de macaxeira para fazer a semeadura em sua propriedade, agora com os conhecimentos obtidos na capacitação, não tem dúvida que os lucros da agricultura familiar serão ampliados.

O curso teve como público alvo os produtores de mandioca do município.  Ensinou a estes que não só produzam a farinha, mas produzam derivados da mandioca bem aceitos no mercado, como chips, beiju de tapioca, tapioca, bolo; aproveitar a casca para adubo e alimentação de gado, a maniva para o replantio com qualidade, bem como aprenderam a utilizar melhor as Casas de Farinhas.


Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação