2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Famílias estancianas recebem o cartão do BEM – Benefício Emergencial Municipal

28/05/2021 às 17h04

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Nasceu na manhã desta sexta-feira, 28, o maior programa social de distribuição de renda da história da cidade de Estância. Batizado como BEM – Benefício Emergencial Municipal, o programa destinará mais de um milhão de reais a 1.600 famílias estancianas que nesta sexta começaram a receber os cartões e senhas para utilização do crédito mensal de R$200,00 por três meses consecutivos.

“Sem sombra de dúvida esta é a maior obra da nossa gestão no ano de 2021. Uma obra de cunho social, um projeto de grande relevância e de maior transferência de renda já visto em todos os tempos no município de Estância, que está disponibilizando um milhão de reais para atender as necessidades de famílias que encontram-se em situações difíceis neste momento de pandemia”, destacou o prefeito Gilson Andrade, enfatizando o compromisso e sensibilidade da gestão que se planejou e adquiriu condições .

“A nossa gestão percebe que estas famílias existem, famílias que muitas vezes foram pouco vistas por outros governantes, mas que agora, na nossa percepção, recebem este projeto que foi elaborado como a nossa prioridade do momento, que é atender a estas pessoas que tanto necessitam no atual cenário que passamos”, completou.

A secretária da Assistência Social destacou que ainda existem vagas disponíveis no cadastro das pessoas que tenham interesse em receber o BEM. “Finalizamos mais uma etapa deste projeto de transferência de renda. Uma ajuda financeira para aquelas pessoas que foram afetadas pela pandemia. As pessoas já vão sair daqui hoje com o cartão, a senha e o valor já creditado para que possam utilizar nas mercearias e supermercados que trabalhem com a rede Banese. Esse é mais um projeto que mostra o olhar humanizado da gestão Gilson Andrade com os mais precisados. O Banese já nos entregou nesta primeira etapa 859 cartões que já estão em nossas posses. O cadastro continua. Já temos mais cartões para mandar para o Banese e vamos mandar paralelamente toda semana até atingirmos o nosso limite de 1.600 famílias ”, disse a secretária Danielle Souto Mulhert.

Claudicéia Gonçalves, 37 anos, casada e com três filhos para alimentar, destacou que por conta da pandemia a receita diminuiu bastante afinal, ela era autônoma, viu as vendas caírem e de quebra, quem comprava não lhe pagava. Claudicéia enfatizou que o “BEM” ajudará bastante na alimentação dos seus filhos.

“Esse projeto é muito importante e chegou em uma boa hora. Meu marido está com serviço reduzido, eu estou parada e tenho três filhos para alimentar. Para mim foi muito importante, uma coisa maravilhosa. Agradeço a oportunidade da Prefeitura de Estância em contribuir para que eu possa levar o alimento para a mesa da minha família”, disse.

REQUISITOS:

Para ter direito ao BEM é preciso que a pessoa esteja inscrita no CADÚNICO, não estar em nenhum outro programa de renda como o Bolsa Família, Auxílio Emergencial do Governo Federal e o Auxílio do Governo de Estado.

PÚBLICO ALVO:

Produtores de eventos, agentes culturais, artesãos, permissionários do transporte escolar, ambulantes, pessoas em situação de rua e profissionais autônomos

DOCUMENTOS PARA CADASTROS:

Identidade, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho, certidão nascimento/casamento, declaração escolar, comprovante de residência, comprovante de atividade desempenhada, apresentar os documentos de todos os membros da família.

DÚVIDAS

Entre em contato pelo 99830-4384 ou 3530-3400 e fale com a Ouvidoria da Assistência Social.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação