2180

Prefeitura Municipal de Estância

Pular para o conteúdo

Covid-19 | Estância forma rede de proteção e intensifica assistência social às famílias durante a pandemia

12/04/2021 às 12h03

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Com o objetivo de minimizar os efeitos negativos causados pela pandemia do novo coronavírus, o município de Estância, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social (SMAS), montou uma rede de proteção e cuidados para população em vulnerabilidade social.

Após deliberação do Comitê Gestor Municipal, a Secretaria passou a atuar, de forma efetiva para mitigar os efeitos na população mais vulnerável. Para isso, ainda no início da pandemia, foi criada a Ouvidoria da Assistência Social. Uma iniciativa para que a população tivesse como chegar de forma segura e eficaz para esclarecer dúvidas e realizar o cadastro para recebimento do Auxilio Emergencial do Governo Federal. Além de fazer toda logística de entrega do Cartão Mais Inclusão do governo do Estado, a cerca de 1000 famílias que não estavam contempladas com nenhum auxílio do governo federal.

Outra medida tomada no início da pandemia e que se mantém até os dias atuais, é o apoio às pessoas em situação de rua. Essa população recebeu atendimento prioritário, e diariamente o município disponibiliza um local adequado para que possam fazer o asseio pessoal. Além do banho diário, esse grupo recebe refeições e um kit de higiene pessoal. Com toalhas, escova de dente, pasta e sabonete líquido.

Também através da Cozinha Comunitária, a população mais vulnerável foi assistida durante todo o período da pandemia. Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, o espaço manteve o fornecimento de 130 refeições diárias para as famílias com insegurança alimentar.

“Os nossos usuários necessitaram mais do que nunca dos serviços da Assistência Social neste período difícil, que muitos perderam o emprego e tiveram a renda familiar reduzida. Inicialmente a população demandava a secretaria pedido cesta básica. Agora,

com a suspensão do Auxílio Emergencial, os nossos usuários tem solicitado também o pagamento de contas, compra de gás entre outros benéficos. Ressaltando que nenhum deles deixou de ser pago durante a pandemia.", destacou a secretaria da Assistência Social Danielle Mulhert.

Como frisou a gestora da pasta, o município possui uma rede de proteção que auxilia a população carente de várias maneiras, com benefícios os benefícios eventuais a exemplo do aluguel social , auxílio funeral, no nascimento de um novo membro com a entrega do kit enxoval, e no pagamento de contas de energia e água. Demandas que são custeadas com recursos próprios e que demandaram um volume superior a R$ 800 mil reais em 2020. Um incremento de 60% em relação ao ano anterior.

Outra iniciativa importante foi voltada as crianças e adolescentes. Através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente foi lançado um edital contemplando entidades não governamentais com R$ 120 mil reais, para aquisição de marmitas para população em insegurança alimentar.

Para 2021, mesmo com o retorno do Auxílio Emergencial, as ações de enfrentamento à pobreza e extrema pobreza foram ampliadas. A primeira medida foi ampliar a aquisição de cestas básicas. O município fez a aquisição de 500 cestas básicas mensais para distribuição da população. Também será lançado um novo edital para que entidades não governamentais possam auxiliar a população que mais necessitam.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação